ECONOMIA SOCIAL E SOLIDÁRIA

Os objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Sinergias e Oportunidades

ONLINE - 22 a 26 novembro 2021

ORADORES DO EVENTO


Rogério Roque Amaro

Professor associado, Coordenador de Estudos Internacionais e investigador do ISCTE-IUL, Portugal

Rogério Roque Amaro, licenciado em Economia pelo ISEG-UL (1974), doutorado em Economia pela Université de Grenoble (1980), é professor associado do Departamento de Economia Política, Coordenador do Centro de Estudos Internacionais e Investigador Integrado do ISCTE-IUL - Instituto Universitário de Lisboa e tem uma vasta experiência em intervenção comunitária, economia solidária, desenvolvimento local e projetos de luta contra a pobreza e exclusão social, em Angola, Portugal, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e S. Tomé e Príncipe. É membro de várias associações, nestes domínios, nomeadamente, fundador da RedPES - Rede Portuguesa de Economia Solidária, da RIPESS - Europa - Rede Intercontinental de Promoção da Economia Social e Solidária, da RELDESS - Rede Lusófona de Desenvolvimento e Economia Social e Solidária e da PROACT e ainda cofundador e atual presidente do Conselho Científico da ACEESA - Associação Centro de Estudos de Economia Solidária do Atlântico dos Açores, chefe de redação da revista "Economia Solidária" e presidente da Assembleia Geral da ANIMAR. Foi consultor regular do PNUD, da OIT, para as áreas de Desenvolvimento e Economia Social e Solidária do governo central português e dos governos autónomos dos Açores e da Madeira. Tem várias publicações sobre os temas do Desenvolvimento e Economia Solidária, bem como, diversas participações e comunicações em eventos académicos e públicos, em Portugal e no estrangeiro.

Luiz Inácio Gaiger

Coordenador da Rede de Investigadores Latino-americanos da Economia Social e Solidária, Professor de Ciências Sociais pela Universidade Vale do Rio dos Sinos, Brasil

Licenciado em História, Mestre e Doutor em Sociologia, Bolsista de Produtividade do Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CNPq) desde 2000, atualmente é Colaborador Voluntário de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Sua experiência docente abrange tópicos de teoria sociológica, métodos de pesquisa e questões relacionadas à sustentabilidade socioambiental. Tem se dedicado a pesquisas sobre economia solidária, cooperativismo, formas participativas de democracia, políticas públicas e temas vinculados às desigualdades, com vários livros e artigos publicados, além de trabalhos de divulgação. Com o prof. José Luis Coraggio (UNGS/Argentina), coordena a Rede de Investigadores Latino-americanos de Economia Social e Solidária - RILESS. É codiretor da revista Otra Economía. Suas principais área de docência compreendem teoria geral e metodologia e teoria da ação coletiva. Tem realizado pesquisas sobre economia solidária, empresas sociais, movimentos sociais, trabalho e alternativas sociais. Foi Diretor da Sociedade Brasileira de Sociologia (2009-2011). É Bolsista de Produtividade do CNPq desde 2000, atualmente Nível 1D. Em 2019, passou a integrar a direção (Board of Directors) da EMES European Research Network. Premiado pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos como Pesquisador Destaque 2018, pelo impacto e relevância de sua contribuição à constituição e consolidação da pesquisa e pós-graduação; e como Pesquisador Destaque 2019, pelo impacto internacional de sua pesquisa e produção científica.

Manuel Belo Moreira

Presidente da direção do CIRIEC-Portugal, Professor catedrático aposentado do Instituto Superior de Agronomia, Portugal

Doutorado pela Universidade de Ciências Sociais de Grenoble, doutorado e agregado pela Universidade Técnica de Lisboa (atual Universidade de Lisboa). Licenciado em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia. É professor catedrático aposentado do Instituto Superior de Agronomia. É Presidente da direção do Centro de Estudos em Economia Pública e Social (CIRIEC-Portugal), desde 2019. Colaborou com o Ministero dell'Universitá e della Ricerca Scientifica e Tecnologica - Dipartimento Affari Economici de Itália, na avaliação de projetos de investigação. Fez parte da Comissão de Avaliação Externa dos cursos de engenharia agronómica, agrícola, zootécnica, agroindústria, horto fruticultura e enologia, ministrados nas Universidades dos Açores, Algarve, Évora, UTAD e no ISA. Tem, ao longo dos anos, participado em inúmeras reuniões científicas em Portugal e no estrangeiro em que apresentou comunicação.
Interessado em Sociologia da Agricultura e Alimentação, particularmente nos efeitos do desenvolvimento capitalista e na globalização/financeirização. Interessado, ainda, na Economia Social e Solidária, particularmente no papel que pode ter no desenvolvimento sustentável.

Jordi Estivill Pascual

Professor Emérito de Política Social na Universidade de Barcelona, Perito em Exclusão Social, Espanha

Jordi Estivill é doutorado em Sociologia pela Universidade de Paris VII em 1973 e licenciado em Economia pela Universidade de Barcelona, em 1964. Perito em exclusão social, tem um vasto currículo académico e de compromisso com os movimentos sociais. É Professor Emérito de Política Social na Universidade de Barcelona e antigo Diretor do Gabinete de Estudios Sociales de Barcelona (1984-2002). É coordenador de numerosos projetos de investigação e autor de numerosas publicações, tendo já realizado numerosos trabalhos em Portugal e publicado vários livros. O último é Europa nas Trevas. É, desde 2000, professor no ISCTE-IUL- Instituto Universitário de Lisboa. É especialista em políticas sociais e economia solidária, tendo sido membro fundador da Rede Catalã de Economia Solidária e conselheiro internacional dos Observatórios de Pobreza e Exclusão Social da Catalunha, Budapeste e Lisboa. É professor visitante em várias universidades de Madrid, Caracas (Andrés Bello), Bordéus, Brescia, Antuérpia, Grenoble, Lisboa (Nova), Santiago, Paris, Porto, Rio de Janeiro, Roma, Lovaina, Genebra, Coimbra, Saragoça, foi-lhe atribuído pela Generalitat de Catalunya (2010), o prémio para a melhor carreira profissional na área social.

Edmundo Martinho

Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Coordenador da Comissão de Estratégia Nacional de Luta Contra a Pobreza, Portugal

Licenciado em Serviço Social pelo Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa. Pós-graduação em Gestão de Projetos. Foi gestor em empresa multinacional na área farmacêutica até 1997. Presidente do Instituto para o Desenvolvimento Social entre maio de 1998 e fevereiro de 2003.Presidente da Comissão Nacional do Rendimento Mínimo - Nov. 1997 Dez. 2002 - cargo para o qual voltou a ser nomeado em 2006. Presidente da Comissão Nacional para a Proteção de Crianças e Jovens em Risco, entre julho de 2001 e janeiro de 2003.
Representante de Portugal e Vice-presidente do Comité de Proteção Social da EU. Coordenador no Plano Nacional para a Inclusão. Membro do Conselho Económico e Social.
Em 2009 foi nomeado Coordenador Nacional do Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social. Presidente do Conselho Diretivo do Instituto da Segurança Social - 2005-2011.Presidente do Conselho Nacional da Segurança Social. De 2011 a 2014 Diretor do Desenvolvimento da Segurança Social na Associação Internacional da Segurança Social, em Genebra, Suíça. De 2015/2016, Consultor internacional da Segurança Social. Em março de 2016 é nomeado pelo Governo para exercer o cargo de Vice-Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e Administrador Executivo do Departamento de Jogos. Em outubro de 2017 é nomeado pelo Governo para exercer o cargo de Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

Sandra Araújo

Diretora Executiva da EAPN Portugal - Rede Europeia Anti-pobreza, Portugal

Licenciada em Serviço Social pelo Instituto de Serviço Social do Porto (1992), com uma Pós-Graduação em Gestão de Organizações Sem Fins Lucrativos pela Universidade Católica - Centro Regional do Porto (2007). Iniciou a sua carreira técnica em 1992 no Projeto de Luta Contra a Pobreza, no Centro Histórico de Gaia. Em 1994 ingressou na Rede Europeia Anti-Pobreza, e integrou o Projeto GIIF (Iniciativa Comunitária Horizon) exercendo funções nas áreas da informação e formação.
Atualmente e, desde 2006, exerce o cargo de Diretora Executiva da Instituição. A sua atividade profissional tem estado intimamente ligada ao combate à pobreza e às desigualdades sociais; à análise e leitura política das medidas e programas sobre as quais a EAPN tem necessidade de se pronunciar; à coordenação e gestão de projetos de dimensão nacional e internacional e à gestão de recursos humanos. É sub-diretora da Revista Focussocial, Revista especializada de Economia Social.

António Bello

Diretor Executivo da Just a Change Associação, Portugal

Diretor Executivo com mais de 5 anos de experiência em planeamento de estratégia, operações e gestão financeira, desenvolvimento de negócios e envolvimento da comunidade. Experiente em equipas líderes e gestão de operações importantes e complexas. Colaborou ativamente com mais de 200 governos, empresas e fundações locais. Orador em mais de 100 vezes e em muitas circunstâncias e audiências diferentes, desenvolvendo várias habilidades de comunicação e oratória. É empreendedor social da Ashoka.
É licenciado e mestre em engenharia industrial pelo Instituto Superior Técnico. Tem formação na gestão de organizações sociais pela AESE Business School e formação executiva- Empreendedorismo Social pelo INSEAD.

Ali Ercan Özgür

Managing Director of IDEMA International Development Partners

Ali Ercan Özgür holds a PhD from Marmara University with a doctoral dissertation on "Development Agencies in Turkey under the Auspices of the EU". He is a graduate of Political Science and International Relations Department (Marmara University, İstanbul) and holds a MSc degree in Governance and Development Management from University of Birmingham, UK with a Master's thesis on "Aid Coordination and Effectiveness in Turkey". He is British Foreign & Commonwealth Office Chevening Scholar for Master's degree, Marshall Memorial Fellow of German Marshall Fund of the United States and Black Sea Young Reformer. He is the co-author of the book "Local Governments System in Turkey, France, Spain, Italy, Poland and the Czech Republic".

He is the Co-founder and Managing Director of IDEMA International Development Partners (www.idema.com.tr) and co-founder of Needs Map, Inogar (Innovation Garage) and InogarArt (Art Incubation Center).  Previously he worked as the Executive Director of the American Chamber of Commerce in Turkey. He started civil society work at Youth for Habitat International Network (now Habitat Governance and Development Center) as International Relations Coordinator in 2001. Then he worked as the Local Governance Fund Manager at United Cities and Local Governments Middle East and West Asia Branch (UCLG-MEWA), the Projects Coordinator at Educational Volunteers Foundation of Turkey (TEGV), the Projects Director of the Corporate Social Responsibility Association of Turkey (CSR-Turkey) and the Good Governance Program Manager at the Turkish Economic and Social Studies Foundation (TESEV). Ali Ercan Özgür coordinated research and social projects with the United Nations, the European Union, the Council of Europe, the World Bank and private sector. Özgür is the Member of Board and the Secretary General of the Corporate Social Responsibility Association of Turkey.


Deolinda Meira

Professora Coordenadora no Instituto Politécnico do Porto /ISCAP, Investigadora do CEOS.PP, Portugal

Deolinda Meira é licenciada, mestre e doutora em Direito, com a tese "O regime económico das cooperativas no direito português. O capital social". É professora coordenadora no Instituto Politécnico do Porto/ISCAP, no qual exerce as funções de diretora do Mestrado em Gestão e Regime Jurídico-Empresarial da Economia Social. É investigadora no Centro de Investigação em Ciências Sociais e Organizacionais do Politécnico do Porto (CEOS.PP), no qual coordena um grupo de investigação em economia social. Os seus interesses em termos de investigação centram-se no regime jurídico das cooperativas e da economia social em geral. Neste âmbito, publicou três livros, mais de 140 artigos em revistas e capítulos de livros e coordenou três livros. É avaliadora de artigos em revistas da especialidade.
Recebeu o Prémio Cooperação e Solidariedade António Sérgio, na categoria «Estudos e Investigação» (2015), em coautoria com Maria Elisabete Ramos, pelo estudo «Governação e regime económico das cooperativas. Estado da arte e linhas de reforma». Foi membro da Comissão Redatorial de Revisão da Legislação Cooperativa, integrada no Grupo de Trabalho para a Reforma da Legislação da Economia Social, criada no âmbito do CNES (Conselho Nacional para a Economia Social). É coeditora da Revista Cooperativismo e Economia Social, membro do Conselho de Redação da REVESCO- Revista de Estudios Cooperativos e do International Journal of Cooperative Law. É membro da Asociación Internacional de Derecho Cooperativo, do Study Group on European Cooperative Law (SGECOL), do CIRIEC Portugal- Centro de Estudos de Estudos de Economia Pública e Social (CEEPS), do IBECOOP - Instituto Brasileiro de Estudos em Cooperativismo; da Asociación Iberoamericana de Derecho Cooperativo, Mutual y de la Economía Social y Solidaria. É membro da comissão científica do CIRIEC Internacional - Centre International de Recherches et d'Information sur l'Economie Publique, Sociale et Coopérative», do IUS Cooperativum - An International association of co-operative lawyers; da Associazione Terzjus - Osservatorio di diritto del terzo settore, della filantropia e dell'impresa sociale; da Escuela de Estudios Cooperativos da Universidad Complutense de Madrid. É membro da Comissão Científica da"CIRIEC-España, Revista jurídica de economía social y cooperative" e do "Boletin de la Asociación Internacional de Derecho Cooperativo".

Marta Nogueira

Professora na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria

Doutorada em Psicologia, linha de investigação Estratégias Comunicativas e Comunicação Interpessoal, com a tese intitulada Inteligência Emocional e Comunicação Interpessoal em Pessoas com Deficiência inseridas no Mercado de Trabalho. Docente na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria desde 2014. Tem vindo a realizar a investigação nas seguintes áreas: inclusão laboral, educação/formação, inteligência emocional e comunicação interpessoal das pessoas com deficiência; autoconceito e competência social em contexto de carreira, tendo participado em encontros científicos de âmbito nacional e internacional.

Pedro Hespanha

Professor Jubilado da Faculdade de Economia de Coimbra. Membro Fundador do Centro de Estudos Sociais, Portugal

Sociólogo. Professor Jubilado da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e membro fundador do Centro de Estudos Sociais. Tem investigado e publicado nas áreas dos estudos rurais, políticas sociais, sociologia da medicina, pobreza e exclusão social. Foi professor visitante em várias universidades estrangeiras e participou como pesquisador principal em vários projetos e redes de pesquisa nacionais e internacionais, lidando com políticas sociais ativas, exclusão social e pobreza, experiências e estratégias de emprego e desemprego. Coordena desde 2008 o Grupo de Estudos sobre Economia Solidária do Centro de Estudos Sociais (ECOSOL/CES).

Isabel Melo

Coordenadora do Gabinete de Empreendedorismo, Formação e Microcrédito da Cresaçor - Cooperativa Regional dos Açores, Portugal

Isabel Melo, licenciada em Gestão Informática pela Universidade dos Açores, e pós-graduada em Economia Social e Solidária pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa. Integra a Cresaçor desde o ano de 2008 e é Coordenadora da equipa do Gabinete de Empreendedorismo e Microcrédito Bancário. Assume funções na área financeira deste gabinete, nomeadamente na realização do estudo de viabilidade económico-financeira de projetos, estudo de mercado, e elaboração de candidaturas às medidas de apoio e sistemas de incentivos existentes na Região Autónoma dos Açores. É agente de microcrédito em toda a Região Açores e formadora do curso de formação "Empreende o Meu Negócio".

Elena Vasiliu

Marketing & Communication Specialist, ADV Romania

Elena is the person who brings the good news about ADV Romania's projects. She is responsible with communication with stakeholders and the public, with creating content for the foundation's social media accounts, websites and also for organizing and promoting events.
She holds two Master's degree from Al.I.Cuza University - one in Communication and Public Relations, and one in Business Administration and Management. Currently she is PhD student in Speech Communication and Rhetoric and Teaching Assistant at The Department of Communication and PR, Faculty of Philosophy and Social-Political Sciences, Al.I.Cuza University.

José Manuel Henriques

Professor no ISCTE-IUL Instituto Universitário de Lisboa, Investigador do Centro de Investigação Dinâmia-CET, Portugal

José Manuel Henriques, Professor no ISCTE-IUL Instituto Universitário de Lisboa (www.iscte-iul.pt) (aposentado), Doutorado em Economia (Economia do Desenvolvimento), Mestre em Planeamento Regional e Urbano. Foi docente em Economia do Desenvolvimento nos cursos de Mestrado em Estudos de Desenvolvimento, Economia e Políticas Públicas, Economia Social e Solidária, Economia Política, Estudos Internacionais, Arquitectura dos Territórios Metropolitanos Contemporâneos e nos cursos de Doutoramento em Arquitectura dos Territórios Metropolitanos e Estudos Urbanos; Foi director dos Mestrados em Estudos de Desenvolvimento e Economia Social e Solidária e é investigador do centro de investigação Dinâmia-CET (https://www.dinamiacet.iscte-iul.pt) onde é responsável pelo programa Planning for Territorial Resilience and Social Innovation in Places (Programa innPlaces).
Tem vindo a desenvolver pesquisa em planeamento para o desenvolvimento, inovação social e resiliência territorial, e em novas formas de governança e avaliação realista no quadro de programas europeus de natureza experimental (Pobreza III, Emprego & Adapt, Equal, etc.), programas nacionais (Iniciativa Bairros Críticos, Programa Rede Social, etc.), e organizações internacionais como a Organização Internacional do Trabalho (OIT) (Programa STEP, Projecto CIARIS, projecto BRIDGES) e a OCDE (Projecto IESED). É membro da comissão científica de apoio à implementação da Estratégia de Combate à Pobreza do Governo Regional dos Açores e tem vindo a contribuir para o desenvolvimento de um 'perfil de competências' em 'animação territorial' e para a formação de 'agentes de coesão' a partir da criação inicial da Academia para a Coesão nos Açores (ACA) pela Agência para a Coesão Territorial nos Açores (AGECTA).

Marco Paulino

Assistente graduado sénior do Hospital de Santa Maria, Professor Auxiliar Convidado da Faculdade de Medicina de Lisboa, Portugal

Licenciatura em Medicina, Faculdade de Medicina de Lisboa, 1974; Grau de Assistente Hospitalar de Psiquiatria, Hospital de Santa Maria, 1984; Especialista de Psiquiatria, Ordem dos Médicos, 1984; Psicoterapeuta, Sociedade de Antropoanálise, 1984; Mestrado em Psiquiatria, F.M.L., 1986; Grau de Chefe de Serviço Hospitalar de Psiquiatria, 1991; Doutoramento em Psiquiatria e Saúde Mental, F.M.L., 1995.

Assistente graduado sénior do Hospital de Santa Maria, coordenando no Serviço de Psiquiatria o ambulatório (Consulta externa, Equipa Comunitária, Ligação aos Centros de Saúde, Terapeutas de Referência) e a Unidade de Projeto de Reabilitação; Membro da Unidade Multidisciplinar da Dor; Professor Auxiliar Convidado da Faculdade de Medicina de Lisboa, colaborando nas unidades de Introdução à Medicina, Introdução à Saúde Mental, Psiquiatria I e Psiquiatria II; Colaboração no Mestrado de Psicopatologia; Professor Auxiliar Convidado da Faculdade de Psicologia, colaborando nas unidades de Psicopatologia e Relação de Ajuda; (até 2020).
Supervisor dos terapeutas de grupos no ET de Xabregas; Membro do Gabinete Técnico de Saúde Mental da ARSLVT.

Isabel Saz Gil

Diretora do grupo HealthyOrg PhD e especialista em economia sustentável

Isabel Saz Gil diretora do grupo HealthyOrg PhD e especialista em economia sustentável: economia social ou terceiro sector, responsabilidade social das empresas e turismo sustentável. Membro de diferentes redes sociais e académicas sobre o tema, nomeadamente o grupo consolidado de investigação GESES da Universidade de Saragoça.
Como resultado deste trabalho, participa nos comités organizadores da Conferência de Investigadores em Economia Social, tem participação regular nos congressos nacionais e internacionais mais relevantes: Conferência Internacional da Sociedade Internacional de Investigação do Terceiro Sector (ISTR), Congresso Mundial de Investigadores em Economia Social, Conferência Internacional de Investigação em Economia Social; tem publicação de livros e artigos em revistas da área que tenham um factor de impacto no JCR (Public Finance, Voluntas. International Journal of Voluntary and Nonprofit Organizations) e na SJR (Revesco). Esta linha foi consolidada e tem sido orientada para o voluntariado através do desenvolvimento de projetos de investigação e ensino inovadores nos quais tem sido a principal investigadora.

Ana Isabel Gil Lacruz

Professora titular no Departamento de Gestão e Organização de Empresas da Universidade de Saragoça

Ana Isabel Gil Lacruz é professora titular no Departamento de Gestão e Organização de Empresas da Universidade de Saragoça, tem um doutoramento europeu em Economia e foi galardoada com o Prémio Extraordinário de Doutoramento em Ciências Sociais pela Universidade de Saragoça. Os seus principais interesses de investigação centram-se em questões relacionadas com o bem-estar e os recursos humanos. Trabalha em diferentes ambientes e com equipas multidisciplinares que lhe proporcionaram uma vasta experiência para abordar questões complexas sobre saúde e trabalho.

Marta Gil Lacruz

Professora no Departamento de Psicologia Social da Universidade de Saragoça

Marta Gil Lacruz tem um doutoramento em Psicologia e Sociologia. A sua tese Sistema sanitário comunitário foi premiada com o extraordinário prémio de doutoramento em Ciências Sociais durante o ano académico 2002-2003 na Universidade de Saragoça. Atualmente é professora no Departamento de Psicologia Social da Universidade de Saragoça. As suas publicações incluem: Saúde e fontes de apoio social, monografia publicada pelo Centro de Investigaciones Sociológicas, e Guia didático de psicologia social, publicada pela Promolibro; assim como numerosos capítulos em obras coletivas e artigos sobre os aspetos teóricos e aplicados da psicologia social da saúde, qualidade de vida relacionada com a saúde, estilos de vida e os seus determinantes sociais. Desde 2005 é diretora do grupo de investigação consolidado da Universidade de Saragoça e do Governo de Aragão: Bem-estar e Capital Social.

Maria João Paixão

Presidente da Assembleia Geral da AIPES

Pós Graduação em Gestão de Instituições e Associações de Economia Social - CRIAP
Mestrado - Serviço Social - Universidade Fernando Pessoa - Porto.
Licenciatura - Serviço Social- Instituto Superior de Serviço Social.

Gonçalo Filipe Jardim

Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria, Hospital Central do Funchal e Casa de S. João de Deus, Portugal

Licenciado em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem São José de Cluny e com especialização em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria. É enfermeiro especialista do Serviço de Urgência do Hospital Central do Funchal e da Unidade de São José (Unidade de Agudos Psiquiátricos) da Casa de Saúde São João de Deus sendo ainda formador nestes dois organismos. É Presidente da Assembleia de Freguesia de Santo António, no Funchal.

Foi coautor do Trabalho de Investigação "Treino de Competências Pessoais e Sociais aplicado a pessoas com Doença Mental de Evolução Prolongada" e do curso de "Comunicação Clínica em contexto de Crise", ministrado no SESARAM e reconhecido pela entidade formadora. Integrou 8 (oito) Comissões Organizadoras das Jornadas de Saúde Mental e Psiquiatria promovidas pela Casa de Saúde São João de Deus. Integrou as equipas de Emergência, do Serviço de Urgência, nos eventos catastróficos que assolaram a região nos últimos 17 anos. Foi moderador e preletor em várias Conferências com temáticas relacionadas com Urgência e Emergência e Saúde Mental e Psiquiatria.

Gabriel Leite Mota

Professor auxiliar convidado no Instituto Superio de Serviço Social do Porto

Licenciado (2002) e doutorado (2010) em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto, é o primeiro e único economista português com um doutoramento na área da Economia da Felicidade. Atualmente, é professor auxiliar convidado no Instituto Superior de Serviço Social do Porto. Participa nas conferências internacionais dedicadas à Economia da Felicidade desde 2005 e divulga o tema nacionalmente, desde 2010, em conferências e nos média. Já colaborou como docente ou investigador com a Católica Porto Business School, com a Faculdade de Economia da Universidade do Porto, com a Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, com o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa e com a Faculdade de Ciências Sociais da Universidade da Madeira. É, também, membro efetivo do Grupo de Trabalho para o Desenvolvimento das Estatísticas Macroeconómicas do Conselho Superior de Estatística. Escreve regularmente para o Jornal Económico e Jornal Público.

Célia Sousa

Coordenadora e Recursos para a Inclusão digital, Professora na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria, Portugal

Doutorada em Ciências da Educação. Coordena desde 2006 o Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID), do IPLeiria. Professora de carreira da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria. Investigadora Integrada do Centro de Investigação interdisciplinar de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa. Membro da direção da Sociedade Portuguesa de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade (SUPERA). Perita da comissão de atribuição da Marca de Entidade Empregadora Inclusiva 2021. Professora convidada do Programa em Diversidade Cultural e Inclusão Social - Universidade Feevale e da Universidade de Cabo Verde (UNICV) no âmbito do mestrado de Educação Especial. Nas duas últimas décadas tem desenvolvido projetos nas áreas das Tecnologias de Apoio, inclusão, acessibilidade e Comunicação Aumentativa. Tem colaborado como consultora Internacional nas áreas da acessibilidade e inclusão com diferentes entidades, entre as quais se destaca trabalho de consultoria para implementação da legislação da educação inclusiva com o Governo de Cabo Verde. É Autora e Coautora em diferentes publicações nacionais e internacionais nas áreas das Tecnologias de Apoio, Comunicação Aumentativa, Educação Inclusiva e acessibilidade cultural. Recebeu em 2007 o Troféu Afonso Lopes Vieira, na Categoria de Comunicação pelo Semanário Região de Leiria, em 2015 o Prémio Iniciativa de Alto Potencial em Inovação e Empreendedorismo Social, com os Projetos: Projeto de Leitura Inclusiva Partilhada (PLIP), e o Projeto Mil brinquedos Mil Sorrisos, pelo Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social, em 2017 o Prémio "EKUIzador do Ano" pela Associação LEQUE, em 2018 o Prémio "Acesso Cultura 2018" com o livro multiformato "A rainha das Rosas". Em 2018 foi nomeada "Embaixadora da Boa Vontade" pela Associação Colmeia pelo trabalho desenvolvido em Cabo Verde no âmbito da inclusão e acessibilidade. Em 2017 foi agraciada com uma carta de agradecimento, por Sua Santidade, o Papa Francisco, pelo trabalho desenvolvido no âmbito das comemorações do Centenário das Aparições de Fátima. Em 2021 foi distinguida pela Direção Regional de Cultura do Centro" As Mulheres na Cultura e na Salvaguarda do Património imaterial da Região Centro " pelo trabalho desenvolvido no âmbito da acessibilidade cultural.

Ariana Cosme

Coordenadora do Observatório de Vida das Escolas, Professora na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Portugal

É professora na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação na Universidade do Porto onde coordena o Observatório de Vida das Escolas integrado no CIIE, Centro de Investigação e Intervenção Educativas. Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade do Porto, realizou um Pós-Doutoramento no campo da Formação de Professores na Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil onde é professora visitante.
Autora de obras que se debruçam sobre a problemática da mediação educativa e pedagógica e a reconfiguração da profissão docente, desenvolve essa reflexão, sobretudo no domínio da Escolaridade Obrigatória, o que justifica a intervenção que, neste âmbito, tem vindo a desenvolver como formadora e consultora de Câmaras Municipais, de Escolas inseridas em Territórios socialmente vulneráveis, os TEIPs e em Projetos de Inovação Pedagógica, os PPIPs. Foi consultora do Ministério da Educação para o Programa de implementação do novo modelo de Autonomia e Flexibilidade Curricular na Escola e coordena o estudo avaliativo sobre a implementação e generalização do referido programa.

Genauto C. de França Filho

Professor Titular na Escola de Administração, Universidade Federal da Bahia (EAUFBA), Pesquisador CNPq, Brasil

Doutor em Sociologia pela Université de Paris VII - Dennis Diderot/França (2000). Mestre em Administração (1993) e licenciado em Administração (1991) pela Universidade Federal da Bahia (UFBA/Brasil). Pesquisa e publica em áreas como os estudos organizacionais, economia e desenvolvimento, gestão social e políticas públicas. Dentre os temas destacam-se: organizações e solidariedade, democracia econômica, gestão de bens comuns, inovação social e economia solidária, associativismo, cooperativismo, moedas sociais e finanças solidárias. Atualmente é Professor Titular da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (EAUFBA), onde coordena a Incubadora Tecnológica de Economia Solidária e Gestão do Desenvolvimento Territorial (ITES/EAUFBA) e o Núcleo de Pós-Gradação em Administração (NPGA/UFBA). É também pesquisador CNPq e professor visitante do ISCTE - IUL Instituto Universitário de Lisboa, Portugal.


Erminia Florio

Postdoctoral Fellow - HEC Montréal. Associate - Sophia Cooperative Social Enterprise, Italy

Erminia Florio is Postdoctoral Fellow at HEC Montréal (Canada). She earned a PhD in Economics and Finance with a thesis under the title "Essays in the Economics of Immigration". In December 2020, Erminia became an Associate of the Sophia Cooperative - Social Enterprise based in Rome (Italy), where she operates in the design and evaluation of social programs targeting youths and immigrants. Her research focuses on understanding the social and economic effects of migration both in destination and source countries. In 2021, Erminia has been awarded the International Economy and Society Scholarship by the Centesimus Annus - Pro Pontifice Foundation (Vatican City) for her research project on information campaigns on irregular migration in collaboration with the Sophia Cooperative - Social Enterprise.

Manuel Albano

Vice-Presidente da Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego, Portugal

Licenciado em Serviço Social pelo Instituto de Serviço Social do Porto (1993), ingressou a trabalhar na área da igualdade de género e direitos humanos das mulheres e da violência de género em 1994. É Vice-Presidente da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, organismo governamental para a igualdade de género, sendo também o Relator Nacional para o Tráfico de Seres Humanos. Coordenou/a e participou/a em vários projetos nacionais e comunitários na área da cidadania e da igualdade de género e violência de género, incluindo a violência doméstica e tráfico de seres humanos, tanto a nível nacional como internacional.

Joana Topa

Professora Auxiliar na Universidade da Maia-ISMAI e Investigadora do Centro Interdisciplinar de Estudos de Género

Doutorada em Psicologia Social pela Universidade do Minho. Atualmente é Professora Auxiliar na Universidade da Maia-ISMAI e Investigadora do Centro Interdisciplinar de Estudos de Gênero que pertence ao Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa (ISCSP-ULisboa) onde desenvolve investigação em estudos de género, migrações, violência de género, direitos humanos e abordagens interseccionais. É nestas áreas que tem publicado em revistas científicas nacionais e internacionais. Integra na atualidade a Rede internacional COST Women on the Move financiada pela Cooperação Europeia em Ciência e Tecnologia e o projeto BOOMERANG- Estudo sobre as perceções do impacto económico da partilha desigual do trabalho não pago nas vidas de mulheres e homens imigrantes em Portugal financiado pelo EEA Grants. Tem simultaneamente um envolvimento ativo com diversas organizações não governamentais portuguesas que trabalham questões de género, migrações, feminismos e direitos humanos.

Madalena Sofia Oliveira

ISSSP - Instituto Superior de Serviço Social do Porto, AIPES-Associação Investigação e Promoção Economia Social, Portugal

Madalena Sofia Oliveira é doutorada na especialidade de Psicologia linha da vitimologia; mestre em Ciências Forenses e licenciada em Serviço Social. Docente no ISSSP e convidada no IUCS-CESPU e ISMAI. Co-coordenadora da área das Ciências Sociais e Jurídicas na Especialização em Perícias Forenses da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Investigadora integrada no JusGov - Centro Interdisciplinar em Direitos Humanos da Universidade do Minho (DH & JusCrime) e tem vindo a estudar a violência nas relações de intimidade; transmissão intergeracional da violência; igualdade de género; abusos e negligência infantil; acolhimento residencial de crianças e jovens e famílias multiproblemáticas e multiviolentas.
Consultora e avaliadora de projetos em entidades públicas e privadas na área da vitimologia e igualdade de género. Membro representante na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens e Conselheira Externa para a Igualdade do município de Valongo. Integra a direção da Associação Portuguesa de Ciências onde é cocoordenadora das áreas da Psicologia e do Serviço Social Forenses e da Associação de investigação e Promoção da Economia Social.

Alcides A. Monteiro

Professor associado com agregação na Universidade da Beira Interior (UBI)

Alcides A. Monteiro, sociólogo, é professor associado com agregação na Universidade da Beira Interior (UBI), Diretor do Mestrado em Empreendedorismo e Inovação Social e do Doutoramento em Sociologia. Investigador integrado no CIES-Iscte (Centro de Investigação e Estudos de Sociologia) e foi coordenador do seu pólo na UBI, o CIES-UBI, entre 2013 e 2017. O seu principal interesse científico está centrado na área de desenvolvimento local e regional. Ao mesmo tempo, desenvolve investigação teórica e participa em projetos nos domínios das metodologias de avaliação e de participação, das políticas públicas, das associações e voluntariado, do empreendedorismo social e inovação social, dos estudos de género, da educação de adultos e aprendizagem ao longo da vida. Integra o Conselho Geral do Núcleo Distrital de Castelo Branco da EAPN (Rede Europeia Anti-Pobreza ? Portugal) e é associado da Animar - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local.


Mafalda Vicente

 

Licenciada em Sociologia e Pós-graduada na área de gestão de projetos em parceria
Experiência de trabalho na área social, tendo estado envolvida em vários projetos de Igualdade de Género .

Fafate Costa

Jornalista, Professora na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Brasil

Fafate é Jornalista com atuação de 20 anos em emissoras de TV. Pesquisadora, é docente efetiva do Curso de Jornalismo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, no Brasil. Doutora em Memória Social com investigação sobre a representação da mulher na cobertura midiática de casos de feminicídios, estudou os discursos da imprensa num intervalo de 50 anos entre os casos Eliza Samudio (2010) e Dana de Teffé (1960). Sua pesquisa de Pós-Doutorado, desenvolvida na Universidade de Warwick (Coventry, Reino Unido), trata de assédio e desigualdade de gênero em ambiente universitário com vivência em três países: Brasil, Portugal e Inglaterra. Atualmente coordena os trabalhos de implantação da Política Institucional pela Diversidade, Gênero, Etnia/Raça e Inclusão na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.
Linhas de investigação: Memória Social; Violência contra a Mulher; Análise de Discursos; Linguagem Audiovisual.

Rosana Almeida

Presidente do Instituto Cabo-Verdiano para a Igualdade de Género, Jornalista, Cabo-Verde

Presidente do Instituto Cabo-Verdiano para a Igualdade de Género desde 2016. É Ponto focal de Género da CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO). É Jornalista/Apresentadora e membro da Rede de mulheres Lideres Africanas, Junto das Nações Unidas e jornalista da TCV (Televisão de Cabo Verde), desde Maio de 1997. Assume e dirige a Direção Comercial da Tecnicil Imobiliária, desde 1999. Rosana Almeida é licenciada em Jornalismo Internacional pela Escola Superior de Jornalismo do Porto, Portugal. Foi docente das disciplinas "Ciências da Comunicação: Atelier de Jornalismo Televisivo" e de "comunicação", na Universidade Jean PIAGET de Cabo Verde (2014-2015). Foi eleita, por sondagem (Selo Morabeza) a "jornalista em quem os cabo-verdianos mais confiam" de 2010 a 2014, consecutivamente. Foi condecorada em 2013, com o prémio de mérito pela Comunidade Cabo Verdiana radicada nos Estados Unidos da América. Em 2011, com a medalha de Mérito, pelo Presidente da República de Cabo Verde "em reconhecimento pela sua valiosa contribuição para a informação e formação da sociedade cabo-verdiana, de forma isenta e objetiva" e com a medalha de mérito pela Câmara Municipal da Praia, em 2005. Foi apresentadora (pivô) do Jornal da Noite da TCV, durante 16 anos. Foi coordenadora e apresentadora de diversos debates políticos e Pivô Central de grandes diretos sobre as noites eleitorais em Cabo Verde. Foi, ainda, correspondente da revista "Africa lusófona" e jornalista estagiária do extinto bissemanário cabo-verdiano "Voz di Povo" de 1987 a 1989.


Bárbara Ferreira

Professora no ISCTE-IUL - Instituto Universitário de Lisboa, Portugal

Bárbara Ferreira é professora no ISCTE-IUL, investigadora do SOCIUS/CSG (ISEG/ ULisboa) e colaboradora do CEG (IGOT/ ULisboa). Licenciada em Ciência Política e Relações Internacionais na FCSH (Universidade Nova de Lisboa), Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional (ISEG/ ULisboa) e a terminar o Doutoramento em Sociologia Económica e das Organizações na mesma instituição, com uma bolsa de doutoramento da ULisboa. Foi bolseira de investigação de Projectos FCT (REHURB - Realojamento e Regeneração Urbana; REMIGR - A nova Emigração e a Sociedade Portuguesa) e colaborou em outros projectos internacionais (COST ACTION - Gender and health impacts of policies extending working life in western countries; ICMPD/ UCLG/ UN-HABITAT - Mediterranean City-to-City Migration project). As suas principais áreas de investigação são: Acção Colectiva, Participação Cidadã, Movimentos Sociais, Desenvolvimento Comunitário, Exclusão Social e Urbana e Migrações Internacionais.

Marco Domingues

Presidente da Animar - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento, Vice-Presidente da CPES- Confederação Portuguesa de Economia Social, Portugal

Doutorado em sociologia pela UBI, especialista (IPCB) e licenciado em serviço social (ISSSL), mestre em economia social e solidária (ISCTE) e Docente na Escola Superior de Educação de Castelo Branco do IPCB, onde é também investigador integrado na AGE.COMM - Unidade de Investigação Interdisciplinar - Comunidades Envelhecidas Funcionais.
Membro de vários órgãos sociais de entidades sociais dos quais se destaca, Presidente da Animar - Associação Portuguesa para o Desenvolvimento, Vice-Presidente da CPES- Confederação Portuguesa de Economia Social e Secretário da Assembleia da CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social. É também conselheiro no CNES - Conselho Nacional de Economia Social e mais recentemente do Conselho Consultivo do Centro Nacional de Competências para a Inovação Social. Considera-se um ativista pelo desenvolvimento local e pela sustentabilidade da nossa casa comum.

Jorge Gonçalves

Presidente da Direção da Cooperativa Integral Minga, Portugal

Jorge Gonçalves é doutorado em economia pela Universidade Técnica de Berlim. É um dos fundadores da Cooperativa Integral Minga, em Montemor-o-Novo, sendo atualmente o seu presidente, é tesoureiro da Wind Empowermente (ONG do Reino Unido) e consultor para projetos cooperativos e empresariais, nomeadamente no sector agroflorestal. Fez parte do Growl - Grow Less, Learn More - rede europeia para o decrescimento (2013-15), sendo dos organizadores do curso em Portugal sobre Políticas Públicas de Decrescimento. Trabalhou em projetos de desenvolvimento rural na Índia (microcrédito e saúde pública), Tailândia, Indonésia (agricultura), e foi coordenador de estudos de impacto na área das energias renováveis em vários países da América Latina como consultor para a PTB (Alemanha) e CEPAL (ONU). Está envolvido também na criação de uma moeda local para Montemor (Associação A.Mor).

Francisco Ferreira

Professor Associado na FCT NOVA, Universidade Nova de Lisboa, Presidente da Associação Ambientalista Zero

Francisco Ferreira é Professor Associado no Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente da NOVA School of Science and Technology (FCT-NOVA) e investigador do CENSE (Centro de Investigação em Ambiente e Sustentabilidade). É licenciado em Engenharia do Ambiente pela FCT-NOVA, mestre por Virginia Tech nos EUA e doutorado pela Universidade Nova de Lisboa. Tem um significativo conjunto de publicações nas áreas da qualidade do ar, alterações climáticas e desenvolvimento sustentável. Atualmente é o Presidente da "ZERO - Associação Sistema Terrestre Sustentável", uma organização não-governamental de ambiente de âmbito nacional.

José Mattos Neto

CEO da ViaFloresta e Coordenador no GT de Meio Ambiente do Instituto Ethos

CEO da ViaFloresta, um hub de inteligência em sustentabilidade e bioeconomia. Coordenador no GT de Meio Ambiente do Instituto Ethos, responsável pela redação da NDC empresarial endereçada na COP-26. Especialista em sustentabilidade, investimento de impacto e desenvolvimento territorial com mais de 20 anos de experiência nestas áreas, nos setores público e privado. Mestre em Sociologia pela Universidade de Coimbra, certificado pelo PNUD em metodologias de aceleração do desenvolvimento e pelo BID, em análise de indicadores de desenvolvimento sustentável. Foi gerente de relações institucionais na Natura para a Amazônia brasileira e sul-americana, entregando importantes projetos para as operações da empresa na região. Atuou em companhias como a VALE, Governos e Universidades Públicas, RedAmérica, Pacto Global-ONU. É conselheiro do Instituto Peabiru e mentor de negócios de impacto em diversas plataformas. Na ViaFloresta, visa desenhar e entregar soluções pautadas nos ODS e nas melhores práticas de ESG, apoiadas em tecnologias e métodos inovadores e disruptivos, sendo acelerado pelo CERTI e pela Aceleradora 100+ da AMBEV. É professor da disciplina engajamento de stakeholders na pós-graduação em ESG da PUC do Paraná.

Miguel Almeida

Membro da Direção da Coopérnico, cooperativa de desenvolvimento sustentável, CRL, Portugal

Miguel Almeida, Licenciado em Economia pela Universidade Lusíada de Lisboa, Pós-graduado em Gestão de Instituições Financeiras ISEG, Pós-graduado em E-Business pelo CEMAF/ISCTE e Mestrando em Turismo e Desenvolvimento de Produtos e Destinos na Universidade de Évora. Iniciou a sua atividade profissional na Banca Portuguesa onde desempenhou funções em operações de mercado monetário, cambial e de capitais. Foi consultor de TI nas áreas financeiras de gestão de dívida, aplicações financeiras, mercados de capitais, derivados e processos matemáticos de avaliação de risco em países como Portugal, Moçambique, Espanha, Reino Unido e Islândia. Desenvolveu atividades de consultoria de gestão e estratégia em Portugal e Angola em áreas tão diversas como a Banca, Agricultura e Imobiliário. Desde 2015 a sua atividade está centrada no desenvolvimento na capacitação da gestão de projetos de economia social, com especial enfoque em entidades do sector cooperativo, sendo ou tendo pertencido aos órgãos sociais dos seguintes projetos: Biovilla, cooperativa para o desenvolvimento sustentável, CRL (membro do conselho fiscal); Coopérnico, cooperativa de desenvolvimento sustentável, CRL (membro da direção); FESCOOP, Cooperativa de Finanças Éticas e Solidárias, CRL (ex-administrador); Cooperativa Integral Minga, CRL (Tesoureiro); A.MOR (membro da direção) Oficinas do Convento Associação de Arte e comunicação (responsável da gestão);


José António Barros

Presidente da Direção Metahora - Associação de Amigos das Artes, Madeira - Portugal

José António de Barros Rodrigues, Mestre em Estudos Regionais e Locais, licenciado em Comunicação, Cultura e Organizações. Mentor do Metaphora - Associação de Amigos das Artes. Coordena e organiza programas de mobilidade, e outros programas europeus. Dinamizador de iniciativas culturais e educativas, abrangendo as áreas do ambiente, arte, empreendedorismo, democracia, cidadania ativa, educação não-formal, voluntariado e desenvolvimento sustentável.

Jean-Louis Laville

Diretor de investigação no Collège d'Etudes Mondiales de Paris, professor de Economia Solidária no Conservatoire National des Arts et Métires (CNAM)

Jean-Louis Laville é diretor de investigação no Collège d'Etudes Mondiales de Paris, professor de Economia Solidária no Conservatoire National des Arts et Métires (CNAM), investigador no LISE (CNRS-CNAM) e no IFRIS, é membro do Conselho Diretivo do Instituto Karl Polanyi de Economia Política, membro fundador e dirigente da Rede Internacional de Investigação EMES, membro fundador da Rede Latino-Americana de Investigadores em Economia Social e Solidária (RILESS). Em 1994 publicou o livro Economia solidária: uma perspetiva internacional, que se viria a tornar uma referência nos estudos sobre a economia solidária. Dirige hoje várias coleções de livros em França - Sociologie Economique, Solidarité et Société e Poiesis & Praxis - e é um dos membros do corpo editorial do Dicionário Internacional da Outra Economia, publicado em Portugal, em 2009, pela coleção CES-Almedina.

Nicole Figueiredo

Diretora Técnica nda Associação CLIPrd

Psicóloga de formação, com mestrado em Psicologia Comunitária e Proteção de Menores, pelo ISCTE. Trabalha desde 2015 em desenvolvimento comunitário, primeiro com crianças e jovens, na inclusão pelo desporto, passando depois para a capacitação de organizações sociais, na Associação CLIPrd, onde se mantém até ao momento. Atualmente assume a função de diretora técnica, fazendo a ponte direta com a direção da associação e tendo como principais funções a coordenação da equipa e de projetos, planeamento, gestão estratégica e representação institucional.

Cristina Casais Ribeiro

Gabinete de Responsabilidade Social no Montepio Geral Associação Mutualista, Portugal

Isabel Casais Ribeiro é licenciada em Gestão e Organização de Empresas - Instituto Superior de Economia (atual ISEG) e tem um MBA pela Católica-Lisbon School of Business and Economics.
Ingressou no Grupo Montepio em 1988, como quadro da Caixa Económica Montepio Geral, para trabalhar como Técnica do Gabinete de Marketing.
Em 2012, integrou o Gabinete de Responsabilidade Social da Associação Mutualista no qual é, desde 2015, responsável pela área de Sustentabilidade. Neste âmbito, é coordenadora da elaboração dos Relatório de Sustentabilidade do Grupo e responsável pela execução dos Planos anuais de Sustentabilidade definidos por um Comité de Sustentabilidade do Grupo. É representante da Fundação Montepio na Aliança ODS Portugal e representante da Associação Mutualista na Associação Portuguesa de Ética Empresarial (APEE). De 2012 a 2018 esteve ligada ao voluntariado de competências da Junior Achievement Portugal e foi formadora do Programa Economia para o Sucesso. De 1987 a 1988 esteve no Departamento de Marketing da empresa de Consultoria Partex, com funções de pesquisa de oportunidades de negócio em PALOP's e Médio Oriente. Foi professora na Escola Secundária Gama Barros, no Cacém, nas disciplinas da área C - Economia, no ano letivo 1986/1987

Eduardo Marques

Professor na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade dos Açores

Doutor Europeu em Serviço Social pela Universidade Complutense de Madrid. Ex. Diretor do Curso da Licenciatura em Serviço Social e docente da área científica do Serviço Social na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade dos Açores. Investigador afiliado no Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais - Pólo da Universidade dos Açores, CICS.NOVA.UAc.
Membro do Comité Editorial Internacional da Revista "Espacios Transnacionales - Revista Latinoamericana-Europea de Pensamiento y Acción Social e do Comité Editorial de la Revista Científica UISRAEL. Revisor de artigos científicos da Revista "Cuadernos de Trabajo Social"
e-professor na VIRCAMP - Social Work Virtual Campus, projeto pioneiro no ensino internacional do serviço social que envolve várias universidades europeias e de fora da europa (https://vircamp.net).
Desde 2008 que tem desenvolvido projetos e trabalho no âmbito da intervenção psicossocial em catástrofes, serviço social ambiental e intervenção comunitária criativa.
Experiência profissional em Gestão de Projetos, Dirigente Associativo em várias organizações da economia social, Consultor da Skillent/i9social, Revisor de candidaturas no âmbito do Programa Cidadãos Ativ@s. Membro da Direção do Núcleo Regional dos Açores da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Américo Carvalho Mendes

Professor Associado e Coordenador da ATES - Área Transversal da Economia Social, Universidade, Portugal

Américo M. S. Carvalho Mendes, é licenciado em Economia, com especialização em Planeamento do Desenvolvimento Regional e Urbano (Universidades de Toulouse e de Aix-Marseille III - França, 1979), pós-graduado em Economia e Estratégia do Desenvolvimento Rural (Universidade de Aix-Marseille II - França, 1980) e doutorado em Economia (Universidade do Arizona, EUA, 1995). É professor associado da Universidade Católica Portuguesa (Católica Porto Business School). É também coordenador da ATES - Área Transversal de Economia Social e diretor da pós-graduação em Gestão de Organizações de Economia Social da Universidade Católica Portuguesa (Porto). Entre 1980 e 1993, foi técnico superior da Comissão de Coordenação da Região Norte, onde trabalhou em projetos de desenvolvimento regional e rural. Desde 1980, colabora como voluntário em várias organizações de economia social, nas áreas do desenvolvimento regional e da ação social, com responsabilidades na criação e nos órgãos diretivos de algumas delas.

José António Pereirinha

Professor Catedrático Aposentado da Universidade de Lisboa Investigador do Gabinete de História Económica e Social/CSG, Universidade de Lisboa, Portugal

Licenciado em Economia, Doutorado em Estudos de Desenvolvimento (PhD in Development Studies, ISS, Universidade de Roterdão, Países Baixos) e com Agregação em Economia pela Universidade Técnica de Lisboa. É Professor Catedrático (aposentado) de Economia (Economia Pública e do Bem-Estar) no ISEG, Universidade de Lisboa. Investigador no Gabinete de História Económica e Social (CSG/ISEG, Universidade de Lisboa). Ensinou Teoria Económica, Macroeconomia do Crescimento, Política Social e Estudos de Desenvolvimento. Os seus principais interesses de investigação incluem a economia da desigualdade, da pobreza e da exclusão social, necessidades humanas e orçamentos de referência, economia do Estado Social e análise das políticas sociais. Publicou vários livros e capítulos de livros sobre estes temas, e também tem publicado em revistas académicas como South European Society & Politics, European Policy Analysis, Journal of Iberian and Latin American Economic History, Review of Socio-Economics, Journal of Income Distribution, Journal of Social Policy, Social Policy & Administration, Global Social Policy. Os mais recentes projetos de investigação da FCT que coordenou foram sobre a História do Estado-Providência de Portugal e sobre a Pobreza Absoluta/Rendimento Adequado em Portugal. Tem sido orientador de teses de doutoramento nas áreas científicas em que investiga. Foi coordenador do Mestrado em Economia e Política Social e, mais recentemente, do programa de Doutoramento em Estudos de Desenvolvimento (PhD in Development Studies) desde a sua criação até ao ano letivo 2016/17. Foi Presidente do Departamento de Economia, Presidente do Conselho Científico e Vice-Presidente do ISEG, Universidade de Lisboa.

Maria Lília Ferreira de Nóbrega

Diretora da Escola de São João Externato Funchal- Ilha da Madeira

Irmã da Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias
Licenciatura em 1º ciclo pela Escola Superior de Torres Novas
Mestrado em Administração Educacional pela Universidade da Madeira

Ricardo Vasconcelos


Diretor Comercial
Presidente Direção Casa do Povo da Camacha
Presidente do Conselho Fiscal da Acaporama

Adriana Magalhães

Coordenadora Pedagógica da ASPFAM - Associação de Surdos, Pais, Familiares e Amigos, da
Madeira

Professora de Economia e Sociologia na Escola Básica e Secundária da Ponta do Sol.

Luís Jesus

Centro Social e Paroquial de Santa Cecília

Tem licenciatura em Teologia - Universidade Católica - Lisboa, Pós-Graduação em Educação Especial: Domínio Cognitivo e Motor - ISCIA Aveiro, Formação Executiva em Gestão e Liderança de Organizações Sociais e Paroquiais - ACEGE e IES. Curso de Habilitação Pedagógica e Complementar - Universidade Católica - Porto e Curso de Gestão Empresarial Micro e Pequenas Empresas/ Gestão de Recursos Humanos - IEFP Aveiro.
Foi Professor de Educação Moral e Religiosa Católica - Ribeira Brava entre 2001/2002, em Penafiel de 2005/2006, esteve em Missão em Madagáscar entre 2002 e 2004. Foi formador externo na D Direção Regional de Qualificação Profissional (DRQP) de 2008/2010 e é desde 2008 Diretor Técnico e de Recursos Humanos do Centro Social e Paroquial de Santa Cecília.

Carla Cerqueira

Carla Cerqueira é doutorada em Ciências da Comunicação - especialidade de Psicologia da Comunicação e com pós-doutoramento em Ciências da Comunicação - Estudos de Género e Media pela Universidade do Minho. Atualmente é professora auxiliar na Universidade Lusófona do Porto, investigadora integrada no CICANT - Centro de Investigação em Comunicação Aplicada, Cultura e Novas Tecnologias e colaboradora no CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade. Ao longo dos anos de investigação tem desenvolvido projetos e iniciativas na área dos estudos de género, diversidade, media e comunicação. É também neste domínio que tem publicado em livros e revistas nacionais e internacionais, orientado teses, organizado os mais diversos eventos científicos e participado como investigadora, formadora e consultora. Atualmente coordena o projeto de investigação "Vozes em rede: Participação de mulheres em processos de desenvolvimento". Foi vice-coordenadora da secção de Género e Comunicação da Associação Europeia de Investigação em Educação e Comunicação (ECREA). Faz parte de vários projetos de investigação, integra a Rede GAMAG (Global Alliance on Media and Gender) Europa, coordenando a equipa de Research & Policy. Integra também a direção da APEM - Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres. Além disso, participa em várias organizações científicas e nãogovernamentais na área dos direitos humanos, igualdade de género e feminismos. Integra o Conselho de Opinião da RTP em representação das ONG do Conselho Consultivo da CIG - Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

Yuri Fedrigo Dutra

Doutoranda em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná-PUC-PR (2020). Mestra em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008). Mestra em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Graduada em Direito pela Universidade Estadual de Maringá (2000). Foi pesquisadora do IPEA em parceria com o Conselho Nacional de Justiça e com o Ministério da Justiça com a temática Reincidência e Sistemas Criminais e pesquisadora do projeto Pensando o Direito do Ministério da Justiça com a temática Desapropriação. Foi professora e coordenadora da Faculdade Curitibana-PR. Possui vários livros publicados e artigos científicos. Tem experiência na área de Direito ambiental, Direitos Humanos, Novos Movimentos Sociais, Direito Penal, Direito Prisional, Processo Civil, Previdenciário.

Donzelina Barroso

Donzelina Barroso ("Donzie') atua como Diretora de Filantropia Global na RPA, trabalhando com os principais doadores individuais, familiares, corporativos e institucionais da RPA de todo o mundo para implementar suas estratégias filantrópicas. Em 2017, Donzie lançou o primeiro escritório internacional da RPA, em Londres. Possui duas décadas de experiência em concessão internacional e gestão de projetos na RPA, incluindo trabalhos em educação, artes, saúde & serviços humanos, desenvolvimento comunitário, questões ambientais e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Liderou uma iniciativa de doadores para melhorar os serviços sociais para crianças em Portugal, projetou e implementou financiamento educacional para comunidades desfavorecidas, ajudou a desenvolver um centro de artes nos EUA e desenvolveu políticas, programas e procedimentos de governança para novas fundações na Europa e nos EUA. Ela é uma palestrante frequente em conferências e eventos filantrópicos.

Donzie atua no Comitê de Programação do Programa de Filantropia step UK. Também atua no Conselho Consultivo da Reitoria na NOVA School of Business and Economics, em Lisboa, e no conselho da Câmara de Comércio Portugal-EUA, nova-iorquina. Donzie é mestre em Jornalismo pela Columbia University, mestre em Administração Pública pela Wagner School of Public Service na Universidade de Nova York e bacharel pela Barnard College na Columbia University. Dupla cidadã dos EUA e portugal, Donzie é fluente em inglês, português, francês e espanhol.

Marisa Nóbrega

Diretora de Planeamento e Promoção de Emprego no Instituto de Emprego da Madeira, IP-RAM
Presidente da Direção da Associação de Investigação e Promoção da Economia Social - AIPES

Licenciada em Economia, com especialização em Economia Financeira e Internacional, pelo ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão. Pós-graduada em Economia Social e Solidária pelo ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa e em Gestão de Instituições e Associações da Economia Social pelo Instituto CRIAP - Psicologia e Formação Avançada. Tem formação nas áreas do planeamento estratégico, controlo de gestão e sistemas de qualidade.
Desempenha funções, desde 1990, na área do empreendedorismo de desempregados, de planeamento estratégico e de medidas ativas de emprego e inclusão social. Do desempenho de funções destaque-se a coordenação e intervenção do Plano Regional de Emprego 2003-2006, 2005-2008 e 2012-2020, Plano Garantia Jovem, implementação de ações de formação para o empreendedorismo e responsabilidade na implementação do gabinete de planeamento e estatísticas do Instituto de Emprego da Madeira.

Fátima Belo

Vice-Presidente da Direção na AIPES - Associação de Investigação e Promoção da Economia Social

Licenciada em Educação - 1ºciclo, pela Universidade da Madeira (UMa); Pós graduada em Neuroeducação, pelo Instituto Português de Psicologia e outras Ciências -(INSPSIC) e em Gestão de Instituições e Associações da Economia Social pelo Instituto CRIAP - Psicologia e Formação Avançada; Formação especializada na área de avaliação de desempenho e de supervisão pedagógica; Formadora certificada pelo conselho científico de formação contínua, em várias áreas e domínios, registo de creditação nº CCPFC/RFO-03699/97.
Desde 1983, leciona no Ensino Básico. Desempenhou funções de direção de Estabelecimento de Ensino durante oito anos; Integrou a equipa de formação contínua de professores do projeto Construindo o Êxito em Matemática (CEM), durante três anos; Foi avaliadora externa de desempenho docente durante dois anos; Consultora pedagógica de um Estabelecimento de Ensino da RAM durante dois anos; Mentora do projeto Melhoria Estratégica do Tempo de Aprendizagem (META).
No âmbito do Associativismo e de Instituições da Economia Social: Cofundadora e membro de diversas associações culturais; Dirigente da Casa do Povo de Água de Pena (IPSS) desde 1994; Diretora da Resposta Social - IDOSOATIVO desde 2004 ; Mentora do projeto Mente Saudável - Estimulação Cognitiva.

Joaquim Croca Caeiro

ISCSP - Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa, Portugal

É professor associado do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa, agregado em Política e Economia Social - Universidade Lusíada de Lisboa, Doutor em Ciências Sociais pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa, Mestre em Ciência Política pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa, Licenciado em Direito pela Universidade Lusíada de Lisboa, Licenciado em Gestão e Administração Pública pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade Técnica de Lisboa. É Coordenador da Escola de Desenvolvimento Local, Investigador Doutorado do Observatório Político e Investigador Integrado do CAPP/ISCSP-FCT. Foi Coordenador Adjunto da Licenciatura em Administração Pública e Políticas do Território, de setembro 2016 a julho 2019, Subdiretor Geral do Gabinete de Estratégia e Planeamento do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social, de 01.09.2012 a 01.09.2013, Vogal Conselho Diretivo, Instituto da Segurança Social, IP., de 29.09.2011 a 01.09.2012, Membro Efetivo do Comité de Proteção Social da Comissão Europeia, Ministério da Solidariedade e da Segurança Social, de 29.09.2011 a 01.09.2013, Diretor do Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa, de 01.09.2006 a 01.09.2010.

Ricardo Fabrício Rodrigues

UMa - Universidade da Madeira, Portugal

É professor auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade da Madeira e membro do grupo de investigação "Trabalho e Emprego" do SOCIUS - Centro de Investigação em Sociologia Económica e das Organizações, unidade que integra o consórcio CSG - Investigação em Ciências Sociais e Gestão (ISEG-UL). Doutorado em Sociologia Económica e das Organizações (2008) no Instituto Superior de Economia e Gestão - Universidade Técnica de Lisboa tendo desenvolvido a sua formação académica no ISEG/UTL (doutoramento e mestrado), na Universidade Católica (Pós-Graduação) e no ISCTE-IUL (licenciatura). O (des)emprego, o envelhecimento, a virtualização das práticas humanas, a empresarialização da sociedade e as ideologias na atividade organizacional constituem os seus principais interesses de investigação. É desde 2015/2016 regente das unidades curriculares Sociologia da Empresa e das Organizações, Comportamento Organizacional e Gestão de Recursos Humanos do curso de Gestão da Universidade da Madeira.

Gonçalo Barradas

Investigador no polo Madeira Nova Lincs, na área da reabilitação cognitiva

Gonçalo Barradas, Psicólogo Clínico com especialidade em Psicologia da Justiça. Doutorado em Psicologia pela Universidade de Uppsala na Suécia. É investigador no polo Madeira Nova Lincs, na área da reabilitação cognitiva através da música em pacientes com demência. Foi ainda Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Câmara de Lobos.

Marco Ribeiro Henriques

Professor assistente convidado e investigador na área do direito público

Professor assistente convidado e investigador na área do direito público, nomeadamente direitos humanos, sistemas prisionais e políticas públicas responsivas ao género, integrando projetos de I&D internacionais e nacionais. É licenciado e mestre em direito e atualmente é doutorando em direito pela NOVA School of Law, Universidade Nova de Lisboa. Possui ainda formação pós-graduada em Direitos Humanos e em Direito Penal Económico e Europeu.
Preside atualmente à Mesa da Assembleia Geral do Observatório dos Direitos Humanos de que também é membro associado desde a sua constituição. Foi ainda coordenador do Grupo de Juristas da Secção Portuguesa da Amnistia Internacional. É autor e coautor em diversas publicações científicas, tendo diversos trabalhos publicados em Portugal e no estrangeiro.

Madalena Sofia Oliveira

É doutorada na especialidade de Psicologia linha da vitimologia; mestre em Ciências Forenses e licenciada em Serviço Social. Docente no ISSSP e convidada no IUCS-CESPU e ISMAI. Co-coordenadora da área das Ciências Sociais e Jurídicas na Especialização em Perícias Forenses da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Investigadora integrada no JusGov - Centro Interdisciplinar em Direitos Humanos da Universidade do Minho (DH & JusCrime) e tem vindo a estudar a violência nas relações de intimidade; transmissão intergeracional da violência; igualdade de género; abusos e negligência infantil; acolhimento residencial de crianças e jovens e famílias multiproblemáticas e multiviolentas.
Consultora e avaliadora de projetos em entidades públicas e privadas na área da vitimologia e igualdade de género. Membro representante na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens e Conselheira Externa para a Igualdade do município de Valongo. Integra a direção da Associação Portuguesa de Ciências onde é cocoordenadora das áreas da Psicologia e do Serviço Social Forenses e da Associação de investigação e Promoção da Economia Social.."

Ana Guerreiro

É criminóloga e docente convidada na Universidade da Maia (ISMAI), na Escola de Criminologia da Faculdade de Direito da Universidade do Porto (FDUP) e no Instituto Politécnico Militar (UPM). Foi Bolseira FCT no âmbito do Doutoramento em Criminologia na FDUP. As suas áreas de interesse são a violência de género, os estudos de género, a criminalidade organizada e as políticas de prevenção. Tem várias publicações nacionais e internacionais em revistas científicas, livros e capítulos de livros."

Bárbara Dória Gonçalves

Bárbara Dória Gonçalves, assistente social no Departamento de Ação Social do Instituto de Segurança Social da Madeira, Pós-Graduada em Mediação Familiar, Mediação de Conflitos e Mediação Escolar pelo Instituto Português de Mediação Familiar do Funchal onde também desempenha funções de formadora e investigadora.
Mestranda em Mediação Intercultural e Intervenção Social, pela Escola Superior de Educação e Ciências Sociais de Leiria, aluna do 1º Ciclo do Curso de Licenciatura em Gestão pela Universidade da Madeira.
Cofundadora e membro dos corpos sociais da Associação de Ciganos da Região Autónoma da Madeira.

Andreia Ruas

Licenciada e mestre em Política Social. Tem um MBA em Digital Businees. É formadora certificada e tem colaborado em projetos de economia social, sendo atualmente vogal do conselho fiscal da AIPES - Associação de Investigação e Promoção da Economia Social.

Graça Moniz

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas - Variante de Estudos Ingleses e Franceses, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; Pós-Graduada em Direito do Consumidor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e com Diploma de Especialização em Liderança e Gestão de Pessoas do Instituto Nacional de Administração.
Foi Chefe de Divisão dos Serviços Académicos da Universidade da Madeira, desde janeiro de 1993 até setembro de 1994, Diretora dos Serviços Académicos da Universidade da Madeira de setembro de 1994 até outubro de 1999. De outubro de 1999 até maio de 2006 exerceu, em comissão de serviço, o cargo de Administradora da Universidade da Madeira. De julho de 2006 a fevereiro de 2020 foi diretora do Serviço de Defesa do Consumidor da Secretaria Regional de Inclusão e Cidadania. É Mediadora de Conflitos, com Especialização em Mediação Laboral, pela CONSULMED - Associação Nacional de Resolução de Conflitos.
Desde março 2020 é Diretora Regional da Direção Regional dos Assuntos Sociais, da Secretaria Regional de Inclusão Social e Cidadania.

NOME

AFILIACAO

BIO
Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no site concorda com a utilização de cookies.

Política de cookies

Usamos cookies próprios (técnicos) e de terceiros (Google Analytics) para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar considera aceitar a nossa política de cookies.
A) Os cookies são pequenos ficheiros de texto com informação distinta que se armazena no disco rígido do Utilizador pelo acesso a uma página web ou portal da Internet e que são enviadas ao servidor web na seguinte conexão que se faça ao servidor.
B) A informação que se recolha fará exclusivamente referência às páginas do Site pelas quais o Utilizador tenha navegado. A finalidade é estatística, bem como conhecer os gostos e preferências dos Utilizadores em relação ao website. Caso o Utilizador tenha configurado o seu navegador de tal forma que impeça a criação de cookies ou o avise deste facto, tal não impedirá que o Utilizador aceda ao website, mas poderá impedir o correto funcionamento do mesmo.